quarta-feira, 27 de maio de 2009


FREDSON
Cantor e compositor, Fredson foi um dos integrantes do Trio Melodia, e a partir de 1969, se lançou em carreira solo, quando gravou pela Caravelle, o seu primeiro compacto com as músicas "Aniversário Do Meu Bem" e "Oh! Meu Imenso Amor", esta última, composição da dupla Roberto-Erasmo Carlos e grande sucesso com o Rei naquele mesmo ano.Em seguida, Fredson lançou outro compacto de sucesso, contendo as canções "Até No Inferno Eu Vou Lhe Buscar" e "Porque Me Apaixonei". O seu primeiro LP saiu em 1970, porém não teve grande repercussão. Somente em 1971, com o LP "Fredson - Volume Dois", é que o sucesso começou a bater a sua porta, a faixa de abertura, "Dolores Sierra", um clássico já gravado por Nelson Gonçalves e outros artistas, voltou às paradas de sucesso, agora nesta nova roupagem, feita pelo Fredson.
A partir de 1973, a exemplo de outros artistas do elenco da Caravelle, Fredson assinou com a Beverly e lançou um ótimo álbum, que incluía os sucessos "Que Saudade É Essa", "Viajei Com Você" e a canção ufanista "Oh! Meu Brasil, Como Te Amo", esta música exaltava o Movimento Brasileiro De Alfabetização, o famoso MOBRAL, projeto do governo Médici para a área de educação e alfabetização. A canção proclamava em seus versos: "Olha o pendão da minha terra onde nasci/Com o Mobral a ensinar tanta gente/Oh! meu Brasil teu povo é tão feliz..." Mas a trajetória do cantor Fredson foi mesmo no campo da música romântica, no qual fez muito sucesso e emplacou várias músicas nas paradas. Ao todo, ele gravou sete LPs, sempre com o seu nome como título dos mesmos.

Um comentário:

augusto duda disse...

por onde anda o cantor fredson e se ainda grava